05 dez

EARTE comemora quarenta anos de história

 

Quatro décadas dedicadas a dança, e para comemorar, a Earte- Centro Artístico e Cultural irá apresentar dois grandes espetáculos no mês de dezembro.O espetáculo Don Quixote nos dias 13 e 14 de dezembro as 20:30h, e para rememorar as história da Earte nos dias 15 e 16 acontece o Festival Vida, as 18h no Teatro da Igreja Batista.

Foi através dos passos de Ângela Oliveira que a dança começou a caminhar em Feira de Santana em 1972. A bailarina implantou a primeira escola de dança na cidade, na época, não existia nenhum movimento cultural deste segmento. Ângela, que fez parte da primeira turma de dança da Universidade Federal da Bahia, promovia aulas na princesa do sertão aos finais de semana para uma pequena turma, com o tempo, passou a organizar grupos e construiu um espaço para desenvolver as atividades. Nascia a Earte.

Com objetivo de se aperfeiçoar profissionalmente, Ângela viajou para vários países como Espanha, França, Suíça, Finlândia, Suécia, Japão, Estados Unidos no ano de 1975. Na sua volta, trouxe a semente da nova Earte, que em 1980 veio a materializar- se através do prédio onde funciona a atual sede.

Ângela começou a construir uma linda história, mas veio a falecer em 1983 após um acidente, assim, a direção da Earte foi assumida por Luiz Augusto Oliveira e Thelma Oliveira. Após alguns anos, Manuella Oliveira, filha do casal, que praticava a dança desde criança por incentivo da família, começou a ensinar pequenas turmas de ballet.

A Earte começou a crescer e ganhar nova forma, passando a oferecer  outros estilos de dança além de aulas de música, teatro, karatê entre outras atividades.

A Earte é a única instituição do interior da Bahia e certamente uma das poucas em todo o Brasil a completar 40 anos ininterruptos, realizando atividades culturais, e isto é motivo de alegria e orgulho para todos nós”, diz o diretor da Earte, Luiz Augusto.

Com o seu crescimento e reconhecimento na cidade e região, a Earte realizou eventos marcantes na cidade. Na comemoração dos seus 20 anos no Teatro Amélio Amorim, estava presente Ana Botafogo, primeira bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Carlinhos de Jesus também já participou de um curso de dança de salão na antiga casa noturna Cabaré.

Em comemoração aos 40 anos, será realizada o Festival Vida, que apresentará a trajetória da Earte, relembrando grandes momentos com a bailarina Ângela Oliveira que deu início ao ballet na cidade. E o espetáculo Don Quixote, um conto de heroísmo, romance baseado na obra de Miguel Cervantes. Para os papéis principais a Earte traz o bailarino cubano Luis Rubén Gonzalez (formado na Escola Nacional de Ballet de Havana) e a bailarinJuliana Siqueira (formada em dança pelo Centro de Dança do Porto – Portugal).

As apresentações de dança promovidas pela Earte, já são uma tradição de final de ano em Feira de Santana. Uma trajetória de sonhos, ritmos e sucesso que faz parte do crescimento de Feira de Santana.